Saúde

Por que não engravido? Ansiedade pode ser a resposta?

Fisioterapeuta Aniele Hayashi, acupunturista especializada em tratamentos para fertilidade

Ao contrário do que se imagina, a chance de uma mulher engravidar é relativamente baixa: entre 20 e 40% em cada ciclo menstrual. Assim, quando casais buscam a concepção de maneira natural, acabam descobrindo que engravidar não é tão simples. Mas é geralmente após 12 meses de tentativas (existe uma variação de acordo com a idade) que se recomenda consultar um especialista para entender as razões que podem estar atrapalhando a concepção. No entanto, quando o diagnóstico aponta para infertilidade inexplicada, frustração e ansiedade entram na rotina de muitos casais.

Pacientes que passam por baterias de exames para entender as razões de não engravidarem enfrentam grande estresse ao receber o diagnóstico de infertilidade inexplicada. Para algumas, ter uma causa justificável pode parecer menos assustador. O relato mais comum desses casais é que ouvem de pessoas próximas que eles só precisam relaxar para conseguir, que muitas mulheres engravidaram quando deixaram de pensar no assunto, quando estavam de férias ou até mesmo depois de pensarem em adoção.

“Conselhos como este geralmente têm o resultado oposto e deixam mulheres ainda mais ansiosas e nervosas. Fica a sensação de que todas as pessoas ao redor engravidam menos elas”, conta a fisioterapeuta Aniele Hayashi.

Acupunturista especializada em tratamentos para fertilidade, a Dra Aniele Hayashi revela que muitas pessoas não associam o reconhecido efeito das endorfinas liberadas após a aplicação das agulhas no relaxamento, bem como sua grande ajuda no processo para engravidar. “A acupuntura se dedica em harmonizar o corpo da mulher, o preparando fisiologicamente para a gravidez e cuidando também da mente, para promover o equilíbrio perfeito e assim conseguir conceber”, explica a profissional, que integra o corpo clínico da Embryo – Centro de Reprodução Humana.

Primeira especialista em Curitiba no tratamento de acupuntura para fertilidade, Aniele Hayashi é formada em fisioterapia e decidiu se especializar na área de fertilidade depois de ter sido diagnosticada com endometriose severa quando morava fora do país e estava tentando engravidar. “Durante meus estudos encontrei vários profissionais em Londres especializados em acupuntura para fertilidade, tratamento que fui submetida para aumentar as chances de engravidar durante meu tratamento de FIV e que permitiu realizar o meu sonho e do meu marido de ter um filho, hoje com 4 anos”, revela a profissional.

Colunas

RAIMUNDOS CELEBRA 25 ANOS DO DISCO DE ESTREIA EM CURITIBA

A turnê comemorativa de lançamento do álbum homônimo de estreia tem como convidado ilustre: Fred Castro, baterista original do grupo e passa pela capital paranaense no próximo dia 06 de abril na Ópera de Arame. Ingressos já estão à venda

Continue lendo

Quórum para obra comum

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Arquiteta revela truques para não errar em projeto da casa de praia

Por se tratar de um espaço de reunião familiar, encontro de amigos e celebrações, os espaços sociais normalmente ganham maior destaque

Continue lendo

M.A.R.C. Institute inaugura laboratório em Curitiba

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Vale limitar procurações

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017