Saúde

Investimentos de R$ 355 milhões para reorganizar sistema de saúde

Os recursos são aplicados para a reforma e abertura unidades de saúde, por exemplo

O sistema de saúde de Curitiba passa por um intenso processo de transformação desde o inicio da gestão do prefeito Rafael Greca. Desde janeiro, a atual administração injetou mais de R$ 355 milhões para investimentos no setor.

Os recursos são aplicados para a reforma e abertura unidades de saúde, criação de centenas de novos leitos hospitalares, compra de medicamentos, aquisição de ambulâncias, pagamento de servidores e colaboradores do SUS Curitibano.

“A saúde estava um caos com dívidas acumuladas de gestões anteriores, unidades fechadas, falta de medicamentos nos postos de saúde e, sobretudo, falta de uma gestão eficiente e austera”, disse o prefeito Rafael Greca.

Segundo Greca, desde o início do mandato, houve ainda a reorganização do modelo adotado na área da saúde com o fortalecimento de parcerias e o lançamento de programas de saúde especializados.

“Firmamos parcerias estratégicas com os governos federal – através do Ministério da Saúde - e estadual, para captação de recursos, além de sanamos dívidas cumulativas com fornecedores e promovemos a integração do sistema entre Curitiba e as cidades vizinhas a região metropolitana”, destacou.

Em janeiro, logo nos primeiros 20 dias de gestão, Greca anunciou a liberação de R$ 18 milhões para aplicação em consultas, exames e internações em hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e a compra de seis ambulâncias.

“Isso ocorreu pela parceria com os governos estadual e o federal”, ressaltou Greca, em evento no Salão Brasil, com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do governador Beto Richa.

Colunas

TRAJETÓRIA DE CÂNDIDO PORTINARI NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

A exposição é composta por esboços, desenhos e estudos que revelam o processo criativo do artista

Continue lendo

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

O vice-presidente de Condomínios do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR), Dirceu Jarenko, explica que ter uma equipe e colaboradores preparados para ocasiões de urgência e emergência não é apenas uma questão de obrigatoriedade, mas de responsabilidade como cidadãos para a segurança de todos

Continue lendo

Lei coíbe prática da automedicação infantil

Por Mary Derosso

Continue lendo

Iluminação natural e amplitude trazem economia e sofisticação

Projetos que valorizam o aproveitamento da luz natural seguem princípios sustentáveis e economizam eletricidade

Continue lendo

Homenagem

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Pagou, tem que provar!

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017