Saúde

Campanha da SBEM-PR oferece informação segura sobre diabetes nas Redes Sociais

Entidade convoca especialistas para falar aos pacientes e familiares, baseada em evidências a fim de assegurar prevenção, controle do diabetes e suas complicações

No último sábado (dia 11), em decorrência do Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR) promoveu a 6ª Caminhada do Diabetes de Curitiba, atividade que reuniu cerca de 500 participantes, no Parque Barigui.

O tema escolhido para o Dia Mundial do Diabetes desde ano foi “Mulheres e Diabetes: nosso direito a um futuro saudável”. Dentre os objetivos da campanha mundial estão: Incentivar os governos a implementar e fortalecer políticas para a prevenção e controle do diabetes e suas complicações; Disseminar ferramentas para apoiar as iniciativas nacionais e locais para a prevenção e controle do diabetes e suas complicações; Destacar a importância da educação baseada em evidências na prevenção e controle do diabetes e suas complicações; Aumentar a conscientização dos sinais de alerta do diabetes e promover ações para incentivar o diagnóstico precoce; Promover ações para reduzir os principais fatores de risco para o diabetes; e promover ações para prevenir ou retardar as complicações do diabetes.

Informação segura nas Redes Sociais

Para oferecer informações baseadas em evidências acerca da prevenção, do controle do diabetes e suas complicações, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná também desenvolveu uma série de vídeos, com informações seguras sobre prevenção e controle do diabetes. Os vídeos podem ser visualizados na página da SBEM-PR no YouTube e também no Facebook da Sociedade (https://www.facebook.com/sbemparana/). Para receber as atualizações pelo YouTube, é preciso se inscrever no Canal (o botão "Inscrever-se" fica abaixo de qualquer vídeo ou na página do canal do YouTube).

Folder sobre cuidados com o pé diabético

A entidade também desenvolveu um folder educativo, chamando atenção para um dos principais problemas que acometem portadores de Diabetes Mellitus: o pé diabético. Com uma linguagem simples e didática, o folder foi desenvolvido em parceria com a Sociedade Brasileira de Diabetes – Regional Paraná (SBD-PR) e está disponível no site da entidade para impressão. O material pode ser usado para educação continuada para os pacientes, auxiliando na prevenção e redução do número de amputações.

Estima-se que uma em cada quatro pessoas com diabetes pode ter problemas nos pés ao longo da vida. A polineuropatia diabética (PND), uma complicação que afeta 50% dos pacientes, é o fator causal mais importante para as úlceras nos pés dos pacientes diabéticos, que precedem 85% das amputações. A PND leva a insensibilidade e nos estágios mais avançados, deformidades. Segundo o Ministério da Saúde, 70% das cirurgias para amputação de membros inferiores (pernas, pé, dedos dos pés) no Brasil têm como causa o diabetes mal controlado: são 55 mil amputações anuais.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná | SBEM-PR
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Av. República Argentina, 369, cj. 1101, 11º andar,
Água Verde, Curitiba/PR CEP: 80240-210
Fone: (41) 3343-5338
www.sbempr.org.br | www.facebook.com/sbemparana

Colunas

SESI Música une Mano a Mano Trio e João Bosco no mesmo palco

A apresentação é inédita e acontece no dia 18 de novembro em uma realização do SESI Cultura Paraná

Continue lendo

Silêncio é lei noite e dia

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei traz benefícios aos deficientes visuais

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteto fala sobre os principais erros ao começar uma construção

É comum se cometer erros ao realizar uma construção, principalmente para os “marinheiros de primeira viagem”

Continue lendo

Nova imortal

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Acesso forçado à unidade

“O condômino está obrigado a permitir o acesso à área privativa se isso for indispensável para a realização de obras de conservação do edifício condominial.”

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017