Saúde

SBEM-PR promove 6ª Caminhada do Diabetes de Curitiba no Parque Barigui

Atividade chama atenção para o Dia Mundial do Diabetes e importância da atividade física no controle da doença; segundo OMS cerca de 50% dos diabéticos tem diagnóstico apenas quando surgem as complicações como infarto, perda da visão e amputação

Com o objetivo de promover a conscientização sobre a importância da prevenção e educação em diabetes, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR), em conjunto com outras entidades da área da saúde promove, no dia 11 de novembro, a 6ª Caminhada do Diabetes de Curitiba. A atividade é gratuita aos participantes e será realizada no Parque Barigui. As inscrições podem ser feitas pelo site www.caminhadadiabetescuritiba.com.br.

A 6ª Caminhada do Diabetes de Curitiba integra a programação do Novembro Azul, mês de prevenção e controle do diabetes, e a proximidade com o dia 14 de novembro, data instituída por uma resolução das Nações Unidas em 2006 e comemorada pela IDF (International Diabetes Federation) desde 1991 como Dia Mundial do Diabetes. A data é uma referência ao dia do nascimento do canadense Frederick Banting que, juntamente com Charles Best, descobriu a insulina (1921).

Para esse ano, o tema escolhido para a campanha foi “Mulheres e Diabetes: nosso direito a um futuro saudável”. Dentre os objetivos da campanha mundial estão: Incentivar os governos a implementar e fortalecer políticas para a prevenção e controle do diabetes e suas complicações; Disseminar ferramentas para apoiar as iniciativas nacionais e locais para a prevenção e controle do diabetes e suas complicações; Destacar a importância da educação baseada em evidências na prevenção e controle do diabetes e suas complicações; Aumentar a conscientização dos sinais de alerta do diabetes e promover ações para incentivar o diagnóstico precoce; Promover ações para reduzir os principais fatores de risco para o diabetes; e promover ações para prevenir ou retardar as complicações do diabetes.

Sobre o Diabetes

O diabetes tipo 1 é resultante da destruição autoimune das células produtoras de insulina, levando à perda de peso, fome excessiva, muita sede e ainda urina excessiva. O diagnóstico desse tipo de diabetes acontece, em geral, durante a infância e adolescência, mas pode também ocorrer em outras faixas etárias.

Já o diabetes tipo 2 se trata de uma doença de grande heterogeneidade e silenciosa. A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de que 50% dos diabéticos desconhecem o diagnóstico e descobrem a doença apenas no momento que apresentam sintomas das suas complicações crônicas, como um infarto cardíaco, ou sofrem a perda da visão por hemorragia de retina ou ainda uma amputação não traumática.

Prevenção

A presidente da SBEM-PR, endocrinologista Silmara de Oliveira Leite lembrou que a educação em diabetes é muito importante para o tratamento. “O paciente e seus familiares precisam entender que o controle do diabetes é possível a partir de mudanças de hábitos, como a prática regular de atividade física e uma alimentação mais saudável”, afirma a especialista. Exercícios podem ajudar a controlar a glicemia e a perder gordura corporal, além de aliviar o estresse. Por isso, além de controlar o que se coloca no prato, pessoas com diabetes devem escolher alguma atividade física e praticar com regularidade.

A endocrinologista lembra que, apesar de não haver cura para o diabetes, os cuidados clínicos com o tratamento baseado em evidências científicas promovem controle efetivo da doença e evita as complicações.

A falta de acesso às terapias individualizadas e personalizadas pode acarretar inúmeras complicações, as quais encurtam a vida útil dos indivíduos portadores de diabetes. “Se o paciente já estiver com diagnóstico de complicação crônica, o médico endocrinologista poderá indicar tratamentos específicos para ajudá-lo a levar uma vida normal”, explica a Dra. Silmara Leite.

Realização, apoio e patrocínio

A 6ª Caminhada do Diabetes de Curitiba é uma realização da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR), Serviço de Endocrinologia e Metabologia do Paraná (SEMPR), Faculdade Evangélica do Paraná, Centro de Diabetes de Curitiba (CDC), Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), PUC/PR, Cruz Vermelha, Associação do Diabético Curitibano (ADC). O evento tem o apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba, Hospital Nossa Senhora das Graças, Sanepar, OneTouch, ISDIN, MSD, NUTRY e M.A. Seguros. A ação conta ainda com patrocínio da Farmácia Dassete, Pfizer, Medtronic, Hospital dos Olhos do Paraná, Frischmann Aisengart e AstraZeneca.

SERVIÇO
6ª Caminhada do Diabetes de Curitiba
Data: 11 de Novembro
Local: Parque Barigui, entrada pela BR 277
Horário: 9h concentração e entrega das camisetas / 9h30 saída
Inscrições gratuitas
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3244-9911

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná | SBEM-PR
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Av. República Argentina, 369, cj. 1101, 11º andar,
Água Verde, Curitiba/PR CEP: 80240-210
Fone: (41) 3343-5338
www.sbempr.org.br | www.facebook.com/sbemparana

Colunas

CURITIBA RECEBE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT EM AGOSTO

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Continue lendo

Comportamento antissocial

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei dispõe sobre instalação de cercas energizadas

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteta explica diferença entre perspectiva artística e 3D

Modelos de desenho englobam profundidade e maior percepção do projeto

Continue lendo

Âmbito internacional

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Devedor eleito síndico!

Por Luiz Fernando de Queiro, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017