Geral

Ação viabiliza apoio a projetos sociais

A proposta é dar materialidade aos sonhos das inúmeras entidades sociais e assistenciais que existem hoje no Paraná

Uma nova geração de arquitetos acredita que o exercício da profissão pode contribuir com a transformação social do Brasil. No Paraná, o grupo inspirado na Arquitetura do Bem, formado exclusivamente por associados da AsBEA/PR, trabalha em anteprojeto para alavancar recursos e revitalizar uma área de aproximadamente 150 mil metros quadrados, que faz parte do Parque Náutico do Iguaçu, em Curitiba.

Para viabilizar a ação social, a entidade, que agrega os principais escritórios de arquitetura do estado, firmou parceria com a União dos Remadores Veteranos de Curitiba (URVEC), associada à Liga Paranaense de Remo.

De acordo com o arquiteto Keiro Yamawaki, do escritório Proa Arquitetura, e presidente da AsBEA-PR, o estudo, ainda em desenvolvimento, deve valorizar a toda região e oferecer à comunidade espaços de lazer e esporte, além do aprimoramento de um parque já existente e a implantação de estrutura paisagística e náutica, que servirão para práticas desportivas.

“A proposta é dar materialidade aos sonhos das inúmeras entidades sociais e assistenciais que existem hoje no Paraná, que por falta de um levantamento mais aprofundado e um desenho técnico do projeto, não conseguem buscar verbas de patrocínio e apoio, junto aos seus parceiros”, destaca o presidente da AsBEA/PR.

“Mensuramos o tamanho do desafio, entregamos um estudo inicial, com dados de topografia e especificações mínimas necessárias para a pré-aprovarão do projeto perante a prefeitura e órgãos competentes, além de possibilitar orçamento prévio. Esta etapa é fundamental para auxiliar na captura e liberação de verbas por parte da URVEC e outras beneficiadas. Assim quando os recursos forem viabilizados, o projeto pode ser construído aos moldes do que foi pensado”, ressalta Keiro Yamawaki.

O grupo da “Arquitetura do Bem” da AsBEA-PR tem trabalhado também na sensibilização de empresas apoiadoras e hoje conta com participação de diversos profissionais associados à entidade, que juntos viabilizaram mais de 10 iniciativas de cunho social, beneficiando instituições de ensino, esportivas e religiosas.

“Os profissionais de arquitetura têm uma missão profissional e ética muito grande. São capacitados a perceber as demandas da sociedade e contribuir com o seu olhar, e talento, para mudar esta realidade”, enfatiza o arquiteto Amir Shafa, sócio da Interage, e diretor de ação social da entidade.

Entre os escritórios que fazem parte do grupo e estão desenvolvendo o anteprojeto do Parque Náutico do Iguaçu, estão: Interage Arquitetura; Garageplan; Arq8 Arquitetura e Planejamento; R. Dalledone Projetos de Arquitetura e Dalton Vidotti Arquitetura e Interiores.

Colunas

​Documentários nacionais para celebrar o Dia Mundial da Fotografia

Alunos e professores dos cursos de cinema e fotografia do Centro Europeu, selecionaram produções dedicados ao tema

Continue lendo

Prédios sob a lei da água

Luiz Fernando de Queiroz é autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Poluição visual

Por Mary Derosso

Continue lendo

Como revestir a área externa

Áreas de lazer e grande circulação precisam de revestimentos adequados e de alta resistência

Continue lendo

Designers de interiores

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Limite ao poder de demitir

Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017