Geral

Mercado imobiliário vive momento de transição

Segundo especialistas, este é o momento ideal para quem sonha com a casa própria ou com uma oportunidade de investimento As novas regras do financiamento habitacional divulgadas pela Caixa Econômica Federal e a melhora das perspectivas econômicas prometem dar um novo fôlego para o mercado imobiliário. Até 2013, o setor viveu tempos áureos. Acompanhando a crescente da economia, a liberação do crédito e a expansão da demanda, o mercado chegou ao auge. Em seguida, com as incertezas políticas e a desaceleração da economia, houve uma queda. “Com juros altos e crédito mais escasso, a velocidade de vendas tendeu a queda. Agora o cenário é outro e a tendência é que o mercado retome seu ciclo de crescimento, com perspectivas de queda acentuada na taxa Selic em 2017, somada à redução dos estoques, sobretudo por conta da queda no volume de lançamentos”, explica Henrique Penteado Teixeira, gerente comercial da Cyrela em Curitiba.

Por isso, segundo especialistas, este é o momento ideal para quem sonha com a casa própria ou com uma oportunidade de investimento. “O mercado é cíclico e funciona seguindo a lógica oferta x demanda. Em função da demanda retraída, o número de lançamentos estava reduzido. Com o reaquecimento do setor, as oportunidades com condições atuais de negociação e valores mais atrativos tendem a acabar”, revela Teixeira.

Atuando há mais de oito anos no mercado curitibano, a Cyrela já sente uma melhora em seus números. Enquanto em 2015 a empresa fechou o ano com VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 170 milhões, em 2016 alcançou R$ 190 milhões até a primeira quinzena do mês de dezembro. No ano passado, a Cyrela entregou dois empreendimentos - Le Chateau e Urban Office Curitiba - e lançou o DOC Castelo Batel - empreendimento inspirado nos melhores centros médicos existentes, que teve 95% de suas unidades vendidas.

Colunas

Musical com teatro de bonecos anima o fim de semana no Shopping Estação

Espetáculo Voou será apresentado no sábado (24) e no domingo (25)

Continue lendo

Quem paga o prejuízo?

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei contribui para reduzir automedicação

Por Mary Derosso

Continue lendo

Técnica para harmonizar espaços com plantas

O Feng Shui, arte milenar chinesa, pode ser uma excelente alternativa para quem deseja harmonizar a casa, aproveitando a nova estação, de forma simples e sem muitos custos

Continue lendo

Conformidade e Eficiência

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Multa evoca dor e mágoa

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017