Indústria da cerâmica vermelha busca competitividade

Para o setor que movimenta hoje R$ 8,5 milhões ao ano e gera 10 mil empregos no Estado, expectativa é de que o PAC da Habitação gere um incremento dos negócios, que depende ainda de novas tecnologias e capacitação de mão de obra, temas em debate na Expocer 2009, de 28 a 31 de maio, no Umbará

Sobreviver em um mercado de concorrência acirrada. Nos últimos anos, esta tem sido a preocupação de empresários da indústria da cerâmica no Paraná, que conta hoje com cerca de 640 empresas e é responsável pela geração de mais de 10 mil empregos diretos no estado. Para empresários e especialistas, os investimentos em tecnologia e na qualificação da mão de obra são as respostas para competir com produtos de qualidade no mercado. Estes serão temas centrais na terceira edição da Expocer 2009 - Feira de Fornecedores para a Indústria Cerâmica e Mineral, que acontece de 28 a 31 de maio, em Curitiba.

Números levantados junto ao Sindicato das Indústrias de Olarias e Cerâmicas para Construção do Paraná (Sindicer-PR), que promove a Expocer 2009 em parceria com a Monte Bello Eventos, demonstram que o setor tem faturamento anual de R$ 8,5 milhões. O maior número de empresas do Estado está concentrado em Curitiba e Região Metropolitana, que conta com 290 empresas e emprega cerca de 4.500 pessoas. Juntas elas detém 70% da produção estadual, cerca de 40 milhões de peças ao ano entre tijolos, telhas e manilhas (que daria para produzir 88 mil casas populares, com padrão de 50m2). Sede da Expocer 2009, o bairro Umbará é considerado o principal pólo ceramista na capital do estado, com 42 empresas e 40% da produção de toda a Região Metropolitana.

Com 50 expositores nacionais, o que representa um aumento de 20% em relação ao ano passado, a expectativa é de que a feira movimente cerca de R$ 18 milhões. Para o Sindicer-PR, apesar da pequena retração nas vendas, este é o momento de a indústria cerâmica investir e se capacitar para os desafios futuros. “Assim que o PAC da habitação anunciado pelo governo chegar efetivamente ao consumidor final haverá um grande aumento na demanda. E sai na frente o empresário que investiu em tecnologia e capacitação”, afirma o secretário executivo do Sindicer-PR, Donizete Motta.

Nos quatro dias de programação do evento, a Expocer 2009 vai reunir os principais fabricantes e o que há de mais moderno em equipamentos de alta tecnologia para o setor cerâmico e mineral, além produtos, acessórios, serviços e insumos utilizados na cadeia produtiva. A feira é aberta ao público e acontecerá no Parque de Exposições São Pedro, no Umbará, o principal pólo ceramista no estado. O público alvo da feira são os ceramistas, produtores, gestores, prestadores de serviços, construtores, assim como engenheiros, arquitetos, incorporadores, lojistas, representantes e revendedores atuantes neste setor.

Paralelamente à exposição de máquinas e equipamentos, a Expocer 2009 também promoverá palestras e visitas técnicas a olarias da região, além de clínicas tecnológicas com objetivo de capacitar os profissionais do meio, numa promoção do Sindicer-PR em parceria com o Senai e Sesi. O acesso à feira, assim como a participação nas palestras e visitas técnicas é gratuito, somente nas clínicas tecnológicas será necessário inscrição prévia mediante taxa de adesão e as vagas são limitadas.

Com quase 50 anos de experiência na produção de máquinas para cerâmica, a Indústria de Marombas Gelenski já confirmou presença na Expocer 2009. Pelo terceiro ano consecutivo a indústria situada em Mandirituba participa como expositora e como patrocinadora da feira. Também têm presença confirmada na Expocer 2009 Mecânica Bonfanti, de Leme (SP) e a Máquinas MAN, de Marília (SP), especializadas na fabricação de equipamentos de alta tecnologia para a indústria da cerâmica e de minerais.

A Expocer 2009 conta com o patrocínio da Indústria de Marombas Gelenski, e apoio da Caixa Econômica Federal, Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), Mineropar, Indústria de Máquinas MAN, Emic, Slavieiro Caminhões e SEBRAE-PR, entre outras entidades representativas.

Informações sobre as Clínicas Tecnológicas ou para a aquisição de estandes podem ser obtidas no site www.montebelloeventos.com.br, ou pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou através dos telefones (41) 3203-1189. As informações também podem ser obtidas no Sindicer-PR ou pelo telefone (41) 3563-1673.

SERVIÇO
Data: 28 a 31 de maio
Entrada: Gratuita
Horários: dia 28 (das 18h às 22h); 29 (14h às 20h); 30 (10h às 20h) e 31 (10h às 18h)                     
Local: Pavilhão de Eventos São Pedro
Endereço: Rua Nicola Pellanda, 5000 – Umbará – Curitiba (PR)
Mais informações: (41) 3203-1189 ou 3563-1673
Atendimento à imprensa: 3333-8017 / 9671-7582

Colunas

SESI Música une Mano a Mano Trio e João Bosco no mesmo palco

A apresentação é inédita e acontece no dia 18 de novembro em uma realização do SESI Cultura Paraná

Continue lendo

Silêncio é lei noite e dia

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei traz benefícios aos deficientes visuais

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteto fala sobre os principais erros ao começar uma construção

É comum se cometer erros ao realizar uma construção, principalmente para os “marinheiros de primeira viagem”

Continue lendo

Nova imortal

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Acesso forçado à unidade

“O condômino está obrigado a permitir o acesso à área privativa se isso for indispensável para a realização de obras de conservação do edifício condominial.”

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017