Jurídico

Seminário de Violência Contra a Mulher aconteceu em Cascavel com apoio da CAA/PR

Vice-presidente da Caixa de Assistência, Daniela Ballão representou a entidade no evento que aconteceu nos dias 20 e 21 de setembro e contou ainda com a presença do secretário-geral adjunto da CAA/PR, Paulo Fornazari

O Seminário Estadual de Violência Contra a Mulher da OAB Paraná foi realizado nos dias 20 e 21 de setembro, em Cascavel. O evento promovido pela Seccional em parceria com a Subseção e a Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná, apresentou renomados nomes da advocacia para debater o tema. A vice-presidente da entidade, Daniela Ballão Ernlund, integrou a mesa da solenidade de abertura e de um dos painéis, representando a CAA/PR no encontro que contou ainda com a presença do secretário-geral adjunto, Paulo Giovani Fornazari.

Ao fazer uso da palavra, a vice-presidente da CAA/PR destacou a importância do evento. ”É uma honra dividir a mesa de abertura deste Seminário com grandes autoridades para tratarmos deste tão importante tema sobre a violência contra a mulher, pois este não é um assunto de interesse apenas da Ordem, mas que gera impactos em toda a sociedade”, frisou Daniela Ballão, lembrando que a Caixa de Assistência vem concedendo apoio a todos os eventos da OAB Paraná que visam o combate a violência contra a mulher.

Em 2016, Daniela Ballão esteve em Cascavel para inaugurar as atividades da Comissão da Mulher Advogada da Subseção, ministrando palestra sobre empoderamento feminino. “Agora, quase finalizando a gestão, estou no mesmo local participando da mesa de abertura deste Seminário. Como é visível o crescimento desta Comissão e do trabalho que vem desenvolvendo em prol da mulher advogada”, finalizou a vice-presidente da CAA/PR.

No encerramento do seminário, advogadas de Curitiba e do Rio de Janeiro realizaram um bate-papo sobre a violação das prerrogativas da mulher advogada. Também presente a advogada Valéria Lúcia dos Santos, que foi algemada por policiais militares em uma audiência em Duque de Caxias, no dia 10 de setembro, em um caso que indignou o Brasil.

Depois de várias palestras e painéis com especialistas no assunto, foi elaborada a Carta das Advogadas.

Carta das Advogadas do Seminário Estadual de Violência Contra a Mulher da OAB Paraná

As advogadas e advogados, reunidos no “Seminário Estadual de Violência Contra a Mulher de Cascavel/PR”, realizado nos dias 20 e 21 de setembro de 2018, no auditório da subseção da OAB de Cascavel, sob os auspícios da Comissão da Mulher Advogada e da Comissão de Estudos sobre Violência de Gênero da OAB/PR, ao fim de todas as sessões de trabalho, resolvem proclamar solenemente à Nação:

I - Deve ser repudiada todo tipo de violência obstétrica cometida pelos profissionais da área de saúde no pré-parto e no puerpério;

II - Devem o Estado e a sociedade buscar, cada vez mais, utilizar perspectivas de gênero na prática do direito para efetivar as demandas por justiça e igualdade, de modo a ampliar e facilitar o acesso à justiça pelas mulheres e erradicar a discriminação de gênero;

II I- Os empregadores devem priorizar que o ambiente laboral desenvolva a capacidade criativa e intelectual, para que as mulheres possam exercer plenamente a cidadania, para tanto, a prevenção e a investigação do dano moral laboral, deve ser condição indispensável para o reequilíbrio laboral em atendimento às perspectivas do novo mundo do trabalho;

IV - A OAB/PR, por ser signatária do pacto global da ONU, deve, junto com a sociedade, garantir um ambiente decente à saúde física e mental de seus trabalhadores, conforme preconizam as ODS´s 3 e 8;

V - Conforme a recomendação geral n. 33 do Comitê Cedaw/ONU, deve o Estado garantir o acesso das mulheres à justiça, inclusive com a oferta de programas específicos de prevenção;

VI - O repúdio a toda forma de violência perpetrada contra mulheres no âmbito virtual, sugerindo, com urgência, às autoridades do judiciário, ministério público e policial, atitudes enérgicas no sentido de conscientizar, prevenir e combater práticas criminosas contra a mulher;

VII - É extremamente necessária a manutenção da veemente posição institucional da OAB, no sentido de combater a violação de prerrogativas profissionais, em especial, à mulher advogada. A advogada e o advogado, por serem indispensáveis à administração da justiça, quando violados no exercício de sua profissão, representam verdadeiro e simbólico atentado à cidadania e;

VIII - As Comissões da Mulher Advogada e de Estudo de Violência de Gênero – CEVIGE sugerem à Diretoria da OAB/PR e ao Conselho Pleno que, em atenção à violação de prerrogativas profissionais sofridas pela Dra. Valéria dos Santos, seja encaminhado ao Conselho Federal da OAB pedido de acompanhamento fiel e eficaz ao procedimento administrativo junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, por ser este um caso que representou um verdadeiro atentado ao livre e digno exercício da advocacia.

Colocada esta carta em votação, foi aprovada pelo Plenário, por aclamação. Após a aprovação, foi encaminhada à Diretoria da OAB/PR e ao Conselho Pleno, para darem conhecimento público destas conclusões.

Cascavel, 21 de setembro de 2018.

Mariana Lopes da Silva Bonfim

Vice-Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/PR

Sandra Lia Bazzo

Presidente da Comissão de Estudos de Violência de Gênero da OAB/PR

Neide Pipa

Presidente do Comitê Organizador do Seminário Estadual sobre Violência Contra à Mulher de Cascavel/PR

Com informações da OAB Paraná

Colunas

CURITIBA RECEBE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT EM AGOSTO

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Continue lendo

Obra ilegal não prescreve

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei melhora a saúde da mulher

Por Mary Derosso

Continue lendo

Formas circulares para acolher

As formas curvas, utilizadas com um bom conceito, auxiliam, também, na leveza e praticidade das circulações dos espaços

Continue lendo

TURMA DO MARTINUS CELEBRA 40 ANOS DE FORMATURA

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Registros e obrigações

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017