Geral

Construção de casas para famílias do Tatuquara entra na reta final

As unidades começarão a ser liberadas a partir de janeiro do ano que vem

A construção de 11 casas para reassentar famílias que vivem na Vila Bela Vista da Ordem, no Tatuquara, entrou na etapa final. As unidades, que serão destinadas para moradores que vivem em condição precária, começarão a ser liberadas a partir de janeiro do ano que vem. Após a transferência das famílias, a vila vai receber obras de infraestrutura, com abertura e pavimentação de ruas, galerias de drenagem e redes de água e esgoto.

O investimento para a construção das casas é de R$ 648 mil, recursos provenientes do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS). Já as obras de infraestrutura representam investimentos de R$ 3,3 milhões, recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS).

O projeto de urbanização da Vila Bela Vista da Ordem teve início em 2012, mas foi paralisado pela gestão anterior, em novembro de 2013, devido à necessidade de aditivo contratual de serviços. Apenas 36% das obras de infraestrutura previstas foram realizadas.

Nesse ano, por determinação do prefeito Rafael Greca, foram feitas adequações ao aditivo de contrato que foi encaminhado à avaliação da Caixa Econômica Federal para liberação de recursos necessários a retomadas das obras. As obras de urbanização serão iniciadas assim que as famílias forem reassentadas.

Colunas

Antonio Fagundes vem a Curitiba com a comédia Baixa Terapia

Assistida por mais de 90 mil expectadores em São Paulo, a peça que rendeu o prêmio Shell de melhor atriz para Ilana Kaplan, segue em turnê nacional. Ela chega em única apresentação na capital paranaense, dia 6 de maio, no Guairão

Continue lendo

Porteiros terceirizados

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

Personalidade, elegância e sustentabilidade

Em sua 25ª edição a mostra CASACOR PARANÁ 2018 é reconhecido como um dos maiores eventos de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas

Continue lendo

Nova loja em Curitiba

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Não basta vigiar o papel

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017