Segurança

Cuidados para evitar atropelamento de crianças

De janeiro a outubro de 2017, o Boletim de Acidentes de Trânsito Eletrônico Unificado (Bateu) registrou 207 ocorrências de atropelamentos de crianças entre 0 e 11 anos

Desse total, 203 tiveram ferimentos no Paraná. De acordo com o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) os dados apontam que 98% das crianças atropeladas ficam feridas.

Mesmo na faixa de travessia de pedestre é preciso olhar várias vezes para todos os lados e só depois de ter certeza do ambiente seguro, atravessar a rua em linha reta, com os passos rápidos e firmes sem correr. É importante também o pedestre acompanhado da criança manter o contato visual com os condutores antes de atravessar as ruas e perceber que está sendo visto para seguir em frente.

Quando não houver faixa de travessia de pedestres ou semáforo, é possível procurar por uma passarela, esquina ou o local mais seguro para atravessar a rua. É necessário ficar longe dos pontos cegos de visão, na frente ou atrás de ônibus, carros, árvores, postes ou qualquer outro objeto que impeça a visualização dos condutores.

Sempre caminhe na calçada e quando elas não existirem, caminhe no sentido contrário dos condutores junto a borda da pista e quando em grupo, forme fila indiana que significa um atrás do outro. As crianças devem brincar só em áreas seguras, como parques e jardins e jamais correr em direção à rua atrás de bolas e pipas.

Quando caminhar em estradas ou rodovias, ande no sentido contrário dos veículos, para ver e ser visto. Para atravessar a rua, o ideal é procurar por passarelas devido à alta velocidade dos veículos.

Antes de sair do ônibus espere que o condutor pare totalmente o veículo. O adulto deve descer primeiro do veículo, garantindo que não haja nenhum veículo ou bicicleta circulando a fim de que a criança dessa com calma.

Colunas

CURITIBA RECEBE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT EM AGOSTO

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Continue lendo

Comportamento antissocial

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei dispõe sobre instalação de cercas energizadas

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteta explica diferença entre perspectiva artística e 3D

Modelos de desenho englobam profundidade e maior percepção do projeto

Continue lendo

Âmbito internacional

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Devedor eleito síndico!

Por Luiz Fernando de Queiro, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017