Geral

Crédito imobiliário atinge R$ 3,41 bilhões

Crédito imobiliário atinge R$ 3,41 bilhões

Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas de poupança do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 3,41 bilhões, com queda de 22,7% em relação a agosto e alta de 8,2% comparativamente a setembro do ano passado. No acumulado do ano, foram financiados R$ 32,63 bilhões, montante 2,9% inferior ao observado em igual período de 2016. Nos 12 meses compreendidos entre outubro de 2016 e setembro de 2017, foram aplicados R$ 45,64 bilhões na aquisição e construção de imóveis com recursos do SBPE, retração de 3,2% em relação ao apurado nos 12 meses precedentes.

Foram financiados em setembro, nas modalidades de aquisição e construção, 14,4 mil imóveis, refletindo queda de 21,6% em relação a agosto. Entretanto, em relação a setembro do ano passado, houve alta de 17,8%. Nos primeiros nove meses de 2017, foram financiadas aquisições e construções de 131,8 mil imóveis, queda de 11% em relação ao mesmo período de 2016, quando 148,1 mil unidades foram objeto de financiamento bancário. Tomado um período mais dilatado, o financiamento imobiliário viabilizou a aquisição e a construção de 183,45 mil imóveis nos últimos 12 meses, até setembro, queda de 12% relativamente aos 12 meses precedentes.

O cenário macroeconômico mais favorável dos últimos meses, com inflação em queda e expectativa de novas reduções da taxa Selic, vem propiciando um ambiente mais competitivo para a caderneta de poupança. A previsão é que a captação líquida de 2017 seja positiva, interrompendo um período de dois anos de perdas.

Colunas

TRAJETÓRIA DE CÂNDIDO PORTINARI NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

A exposição é composta por esboços, desenhos e estudos que revelam o processo criativo do artista

Continue lendo

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

O vice-presidente de Condomínios do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR), Dirceu Jarenko, explica que ter uma equipe e colaboradores preparados para ocasiões de urgência e emergência não é apenas uma questão de obrigatoriedade, mas de responsabilidade como cidadãos para a segurança de todos

Continue lendo

Lei coíbe prática da automedicação infantil

Por Mary Derosso

Continue lendo

Iluminação natural e amplitude trazem economia e sofisticação

Projetos que valorizam o aproveitamento da luz natural seguem princípios sustentáveis e economizam eletricidade

Continue lendo

Homenagem

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Pagou, tem que provar!

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017