Jurídico

Livro analisa a difícil tarefa de advogar no Direito Ambiental brasileiro

Advogado Fabiano Neves Macieywski autografa a obra dia 30 de novembro, na Livraria da Vila, em Curitiba

A efetividade do Direito Ambiental brasileiro é o tema central do livro “Advogar no Direito Ambiental”, do advogado Fabiano Neves Macieywski, mestre em Direito Econômico e Socioambiental, publicado pela Editora Fórum, e que será lançado no próximo dia 30 de novembro, na Livraria da Vila, em Curitiba. Prefaciada por Rodrigo Sánchez Rios, doutor em Direito Penal e Criminologia, com apresentação de Manoel Caetano Ferreira Filho, professor de Direito Processual Civil, a obra é dividida em 10 capítulos, e faz uma análise dos fundamentos da responsabilidade civil no ordenamento jurídico, no âmbito da justiça social e ambiental.

O autor afirma que pretende com o livro demonstrar que a reparação do dano moral e material ambiental, individualmente, é a melhor forma de tutelar a mudança de conduta da sociedade e dos poluidores, De acordo com Macieywski, existe muita impunidade nesta área, principalmente pela falta de efetividade e resultado final das ações ambientais, “tanto na esfera penal, quando administrativa e, em especial, nas cíveis individuais e coletivas, desde que haja capacidade empreendedora no exercício de advogar com capacidade técnica, ética, coragem, destemor e independência conseguiremos mudar este quadro”, observa.

Para Macieywski, a advocacia brasileira passa por uma enorme crise e exercer uma advocacia independente e ética representa perigo. “Confrontar a injustiça para defender vítimas de um sistema social e econômico arcaico parece bater-se contra a opinião pública e o imaginário coletivo”, sublinha. O autor defende uma advocacia empreendedora, como a única atividade lícita plenamente capaz, independente e legítima para viabilizar mudanças e aprendizado.

Ele ainda sustenta que “a sociedade não pode ficar à mercê de uma realidade econômica que lhe é imposta, vítima de uma perspectiva obscura e desesperadora, correndo riscos e sofrendo desastres que ocorrem em função de atividades industriais e comerciais predatórias e irresponsáveis”.

Macieywski acentua que não se pode esquecer de que a reparação do dano material e moral, individual ou coletiva, dever ser o “derradeiro objetivo do Direito Ambiental, como forma de coibir atitudes prejudiciais, realizando a finalidade última da tutela ambiental: a prevenção de danos”.

“Advogar no Direito Ambiental” trata de inúmeros assuntos, dentre eles, a evolução cultural da sociedade de consumo, ideologia liberal e a lógica do mercado, o homem pós-moderno e a natureza, direito fundamental ambiental, dano ambiental e tutelas jurisdicionais do meio ambiente. O livro ainda aborda o advogado empreendedor, os riscos e as incompreensões da advocacia em causa ambiental e o moderno conceito de Lawfare e a influência das Fake News fatores que dificultam ainda mais a solução destes conflitos e a pacificação social.

O autor – Especialista e gestão do Direito Empresarial e mestre em Direito Econômico e Sociambiental, Fabiano Neves Macieywski foi chairman do Comitê de Meio Ambiente da AMCHAM, e membro da Comissão de Defesa das Prerrogativas Profissionais e da Comissão de Meio Ambiente da OAB Paraná e do Instituto dos Advogados do Paraná. Vencedor do Prêmio Ecologia e Ambientalismo da Câmara Municipal de Curitiba, membro do IADF (Instituto dos Advogados do Distrito Federal) e diretor do IIDAJ (Instituto Interamericano de Direito Aplicado e Justiça).

Ficha técnica
“Advogar no Direito Ambiental”, de Fabiano Neves Macieywski, Editora Fórum, 204 páginas.

Serviço
Lançamento do livro
Dia: 30 de novembro (quinta-feira), a partir das 18 horas
Local: Livraria da Vila – Shopping Pátio Batel – Curitiba – PR

Colunas

CURITIBA RECEBE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT EM AGOSTO

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Continue lendo

Comportamento antissocial

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei dispõe sobre instalação de cercas energizadas

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteta explica diferença entre perspectiva artística e 3D

Modelos de desenho englobam profundidade e maior percepção do projeto

Continue lendo

Âmbito internacional

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Devedor eleito síndico!

Por Luiz Fernando de Queiro, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017