Geral

Apartamentos de até R$ 400 mil são o principal mercado de novos

Imóveis de luxo também apresentaram crescimento na oferta, com aumento de 10,3%

Os apartamentos novos com preço de até R$ 400 mil apresentaram uma redução média de estoque de 9% nos últimos 12 meses, tendo agosto como mês de referência, segundo a última pesquisa realizada pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR), em parceria com a BRAIN Bureau de Inteligência Corporativa, destacando-se entre os demais padrões. Segundo o presidente da associação, Jacirlei Soares Santos, esse resultado revela que, hoje, esse é principal mercado de lançamentos para venda em Curitiba, voltado para o atendimento de ciclos demográficos.
 
Os incorporadores e construtores estão atentos a essa demanda. A pesquisa da Ademi/PR e da BRAIN revelam ainda que, no último ano, os empreendimentos standard (com preço de R$ 215.001,00 a R$ 400 mil) foram os que registraram o maior número de lançamentos na capital paranaense, acumulando alta de 14% em agosto desse ano em relação ao mesmo mês do ano passado (12 novos edifícios lançados), assim como o maior volume de apartamentos colocados no mercado, com alta de 13,4% (1.191 novas unidades).

Os imóveis de luxo (com preço de R$ 1.000.001,00 a R$ 2 milhões) também apresentaram crescimento na oferta lançada, com aumento de 10,3% em empreendimentos no último ano (3 novos edifícios) e de 10,7% em unidades (156 novos apartamentos). “Esse é um mercado de nicho em Curitiba, com uma demanda bastante específica, e o fato de ele ser o setor que registrou um dos maiores crescimentos é bastante relevante. O padrão atende ao movimento de upgrade, ou seja, pessoas que buscam um imóvel maior ou mais moderno e usam o apartamento atual como parte do pagamento”, avalia o vice-presidente da Ademi/PR, Leonardo Pissetti.
 
Ainda segundo a pesquisa, nos últimos 12 meses, houve crescimento de 11,2% dos lançamentos de empreendimentos com studios, lofts e apartamentos de 1 dormitório (7 novos edifícios em agosto desse ano). Já o aumento em unidades foi mais tímido, de 4,8%, num total de 311 novos imóveis.
 
Preços 
O preço médio do metro quadrado privativo dos apartamentos novos na capital paranaense no último ano foi duas vazes maior do que o registrado pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), com alta de 5,4%, a R$ 7.058,00. Na análise por bairro para agosto desse ano, o Batel continua a deter o maior valor do metro quadrado privativo para todas as tipologias com metro quadrado privativo médio anunciado entre R$ 10.616,00 e R$ 13.038,00, respectivamente. O estoque de imóveis residenciais novos em Curitiba acumulou queda de 1,1% em agosto desse ano em relação ao mesmo mês do ano passado, com 8.169 imóveis disponíveis para venda.

Colunas

SESI Música une Mano a Mano Trio e João Bosco no mesmo palco

A apresentação é inédita e acontece no dia 18 de novembro em uma realização do SESI Cultura Paraná

Continue lendo

Silêncio é lei noite e dia

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei traz benefícios aos deficientes visuais

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteto fala sobre os principais erros ao começar uma construção

É comum se cometer erros ao realizar uma construção, principalmente para os “marinheiros de primeira viagem”

Continue lendo

Nova imortal

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Acesso forçado à unidade

“O condômino está obrigado a permitir o acesso à área privativa se isso for indispensável para a realização de obras de conservação do edifício condominial.”

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017