Esportes

Atletas do Corrida Legal conquistam pódio em Meia Maratona no Rio de Janeiro

Advogados que participam do projeto da CAA/PR em Curitiba, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa integraram comitiva que representou o estado na competição, com todos subindo ao pódio

A comitiva paranaense formada por cinco integrantes do projeto Corrida Legal da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná foi destaque na 2ª Meia Maratona Nacional da Advocacia. Todos os atletas conquistaram pódio em suas respectivas categorias na competição promovida pela CAA/RJ e CONCAD. Os atletas receberam apoio da CAA/PR para disputar a prova que teve largada na Avenida Atlântica, na praia de Copacabana, no último domingo, 2 de setembro, na capital carioca.

O destaque paranaense foi a advogada de Foz do Iguaçu, Keidy Roze Cima Pontes, que conquistou o primeiro lugar na prova de 21 km Advogados e Público Geral, com o tempo de 1h36m43s. O advogado de Ponta Grossa, Helvis Fernandes de Paula, também conquistou o primeiro lugar na prova de 5 km Advogados. Os demais pódios foram conquistados pela colaboradora da CAA/PR em Curitiba, Maria Fernanda Silveira Braga, 1º lugar na categoria 15 a 29 anos, na prova de 21 km Público Geral; o advogado Erlon Roberval Konopacki, de Curitiba, 2º lugar na categoria 40 a 49 anos – 10 km Advogados; e a advogada Jéssica Rigatti, também de Curitiba, que ficou em 3º lugar na categoria 15 a 29 anos, na prova de 21 km Advogados.

A persistência foi o diferencial na conquista da advogada Keidy Pontes, que teve o voo de Foz do Iguaçu cancelado e chegou a pensar que não participaria da corrida. “No final da prova eu chorava de emoção. Quase não fui. Estava com viagem marcada para as 10h de sábado, mas, com o aeroporto fechado, às 15h30 cancelaram. Voltamos para casa, e depois nos encaixaram em um voo às 19h40. Chegamos ao Rio às 22h. No domingo, acordei às 4h45 para correr às 7h. Eu queria muito disputar a prova, pois fazia tempo que não corria uma meia maratona e acabei conquistando o meu melhor tempo”, relata a advogada. A atleta participa dos treinos do Corrida Legal desde abril deste ano. “Eu amo advogar e amo correr. Com o projeto Corrida Legal eu consegui unir as coisas que mais amo fazer e estou muito feliz por correr representando os advogados. O projeto é um grande estímulo para a prática da atividade física e para participar de competições, quem sabe uma prova de advogados no Paraná”, sugere Keidy Pontes, que já havia conquistado o 2º lugar em prova ultratreino de 100km no Paraguai, no mês de junho.

Helvis Fernandes de Paula corre desde os 10 anos e está no Corrida Legal em Ponta Grossa desde setembro de 2017, quando iniciou o projeto na cidade. Na II Copa CONCAD Sul, o advogado conquistou o 1º lugar na corrida 5 km. “O projeto é muito bacana, tem sempre uma orientação, uma conversa e a motivação de estar com os colegas. Isso é sempre um algo a mais. Fomos criando vínculos que nos dão grande estímulo. Acho que os resultados que conquistamos, com os cinco subindo ao pódio, é uma demonstração de que o projeto está dando certo e espero que contribua para despertar interesse em mais colegas para participar”, destacou o advogado.

Além de advogados, o Corrida Legal da Caixa de Assistência beneficia dependentes estatutários e funcionários do sistema OAB. “Agradeço a diretoria da CAA/PR pela oportunidade de representar o estado em prova nacional. Comecei a correr desde o início do projeto, há três anos. Além de aprender as técnicas de corrida, me fez amar mais esse esporte e evoluir a cada dia com as aulas e orientações dos excelentes professores. Realmente um projeto que faz a diferença, me trouxe mais saúde, felicidade, novas amizades e muitas conquistas”, declarou a colaboradora da CAA/PR, Maria Fernanda Braga, que conquistou o pódio na categoria 15 a 29 anos.

Mais dois atletas ainda acompanharam a comitiva paranaense na prova, Maycon Lazarotto, que recentemente ingressou no projeto Corrida Legal como dependente em Foz do Iguaçu, e a advogada Marcela Carrión, natural do Rio de Janeiro, que participa do projeto em Curitiba e esteve no local da competição para torcer pelos colegas.

Projeto

O projeto Corrida Legal, que iniciou em Curitiba no mês de agosto de 2015, faz parte do programa Saúde em Foco da CAA/PR e se propõem a estimular a prática esportiva por meio de caminhada e corrida de rua. Os treinamentos, supervisionados por profissionais especializados, proporcionam mais saúde, bem-estar e qualidade de vida aos advogados, seus dependentes estatutários e funcionários do sistema OAB.

Atualmente, o projeto está presente em 11 cidades paranaenses, além de Curitiba, há grupos nas Subseções da OAB em Cascavel, Campo Mourão, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa, Paranavaí e Umuarama.

Advogados e dependentes interessados podem ingressar no projeto a qualquer momento, fazendo a inscrição pelo site da CAA/PR (http://www.caapr.org.br/corrida-legal/). Com apoio da Unimed a participação é gratuita para os advogados, que pagam somente a taxa de inscrição, no valor de R$ 45,00, com direito a camiseta do projeto. Para os dependentes há mensalidade de R$ 50,00.

RESULTADOS:

Keidy Roze Cima Pontes - Foz do Iguaçu

1º lugar geral – 21 km Advogados – tempo 1:36:43

Helvis Fernandes de Paula - Ponta Grossa

1º lugar geral – 5 km Advogados – tempo 18:39

Maria Fernanda Silveira Braga – Curitiba

1º lugar categoria 15 a 29 anos – 21 km Público Geral – tempo 1:45:27

Erlon Roberval Konopacki – Curitiba

2º lugar categoria 40 a 49 anos – 10 km Advogados – tempo 45:01

Jessica Rigatti – Curitiba

3º lugar categoria 15 a 29 anos – 21km Advogados – tempo 1:58:46

www.caapr.org.br

Colunas

Musical com teatro de bonecos anima o fim de semana no Shopping Estação

Espetáculo Voou será apresentado no sábado (24) e no domingo (25)

Continue lendo

Quem paga o prejuízo?

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei contribui para reduzir automedicação

Por Mary Derosso

Continue lendo

Técnica para harmonizar espaços com plantas

O Feng Shui, arte milenar chinesa, pode ser uma excelente alternativa para quem deseja harmonizar a casa, aproveitando a nova estação, de forma simples e sem muitos custos

Continue lendo

Multa evoca dor e mágoa

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017