Economia

Preço para locação em Curitiba segue em queda

Com a retomada da economia, a busca pela compra de um imóvel voltou ao radar dos consumidores em Curitiba

Em Curitiba, o preço médio do aluguel registrou queda pelo segundo mês consecutivo. A locação de um apartamento padrão, de 65 m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem, girou em torno de R$ 980,00 mensais, segundo o INDEX Curitiba, levantamento mensal produzido pelo Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do Brasil.

Prado Velho, localizado na zona central da capital paranaense, registrou o aluguel mais caro da cidade, R$ 2.180,00, enquanto Tarumã assinalou o preço o mais econômico, R$ 679,00. Juvevê e Xaxim foram os bairros com a variação anual de preço para locação mais representativa, crescimento de 18,2% e 17,4, respectivamente. São Lourenço foi a localidade em que o custo do aluguel mais caiu, 3,3% no último mês e 16,2% no ano.

Confira agora o ranking dos bairros mais caros e baratos para alugar um imóvel em Curitiba:

Mais caros (preço mensal)
Prado Velho R$ 2.180,00
Ecoville R$ 1.595,00
Mossunguê R$ 1.536,00
Mais baratos (preço mensal)
Alto Boqueirão R$ 786,00
Campo de Santana R$ 691,00
Tarumã R$ 679,00

No quesito venda, o preço médio do metro quadrado em Curitiba continua em alta. No último mês, o valor foi cotado em R$ R$ 4.672,00 m². De março a setembro de 2018, o custo dos imóveis para venda disparou em 2,1%.

Cascatinha, Mossunguê e São Braz foram os bairros que apresentaram maior avanço de preço no último ano, 16%, 15,1% e 11,3%, respectivamente. A região da Matriz segue liderando o ranking das mais caras, com o preço médio de R$ 6.551,00/m².

Veja o ranking dos bairros mais caros e baratos para venda em Curitiba:
Mais caros (metro quadrado)
Alto da XV R$ 7.668,00
Alto da Glória R$ 7.406,00
Barigui R$ 7.363,00
Mais baratos (metro quadrado)
Cachoeira R$ 2.923,00
Campo de Santana R$ 2.850,00
Tatuquara R$ 2.724,00

Ainda de acordo com o estudo do Imovelweb, a rentabilidade anual dos imóveis em Curitiba ficou em 4,2%. Portanto, são necessários 23,6 anos de aluguel para recuperar o gasto com a compra, tempo 2,2% menor do que há um ano. Considerando os últimos 12 meses, a rentabilidade na cidade subiu 5,3%, superando, pela primeira vez, o retorno da Poupança.

Conheça o ranking dos bairros mais e menos atrativos para investir no mês de setembro de 2018:
Mais rentáveis %
Prado Velho 6,4%
Mossunguê 6,1%
Xaxim | Capão da Imbuia 5,2%
Menos rentáveis %
Jardim Botânico | Seminário 2,7%
Tarumã 2,6%
São Lourenço 2,3%

“Com a retomada da economia, a busca pela compra de um imóvel voltou ao radar dos consumidores e em Curitiba, que é uma grande metrópole, não poderia ser diferente. Com os holofotes na aquisição é muito natural que a procura pela locação caia naturalmente. Com isso, os preços dos aluguéis devem continuar cedendo nos próximos meses”, destaca Leonardo Paz, CEO do Imovelweb.

Colunas

Musical com teatro de bonecos anima o fim de semana no Shopping Estação

Espetáculo Voou será apresentado no sábado (24) e no domingo (25)

Continue lendo

Quem paga o prejuízo?

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei contribui para reduzir automedicação

Por Mary Derosso

Continue lendo

Técnica para harmonizar espaços com plantas

O Feng Shui, arte milenar chinesa, pode ser uma excelente alternativa para quem deseja harmonizar a casa, aproveitando a nova estação, de forma simples e sem muitos custos

Continue lendo

Conformidade e Eficiência

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Multa evoca dor e mágoa

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017