Economia

Preço para locação em Curitiba segue em queda

Com a retomada da economia, a busca pela compra de um imóvel voltou ao radar dos consumidores em Curitiba

Em Curitiba, o preço médio do aluguel registrou queda pelo segundo mês consecutivo. A locação de um apartamento padrão, de 65 m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem, girou em torno de R$ 980,00 mensais, segundo o INDEX Curitiba, levantamento mensal produzido pelo Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do Brasil.

Prado Velho, localizado na zona central da capital paranaense, registrou o aluguel mais caro da cidade, R$ 2.180,00, enquanto Tarumã assinalou o preço o mais econômico, R$ 679,00. Juvevê e Xaxim foram os bairros com a variação anual de preço para locação mais representativa, crescimento de 18,2% e 17,4, respectivamente. São Lourenço foi a localidade em que o custo do aluguel mais caiu, 3,3% no último mês e 16,2% no ano.

Confira agora o ranking dos bairros mais caros e baratos para alugar um imóvel em Curitiba:

Mais caros (preço mensal)
Prado Velho R$ 2.180,00
Ecoville R$ 1.595,00
Mossunguê R$ 1.536,00
Mais baratos (preço mensal)
Alto Boqueirão R$ 786,00
Campo de Santana R$ 691,00
Tarumã R$ 679,00

No quesito venda, o preço médio do metro quadrado em Curitiba continua em alta. No último mês, o valor foi cotado em R$ R$ 4.672,00 m². De março a setembro de 2018, o custo dos imóveis para venda disparou em 2,1%.

Cascatinha, Mossunguê e São Braz foram os bairros que apresentaram maior avanço de preço no último ano, 16%, 15,1% e 11,3%, respectivamente. A região da Matriz segue liderando o ranking das mais caras, com o preço médio de R$ 6.551,00/m².

Veja o ranking dos bairros mais caros e baratos para venda em Curitiba:
Mais caros (metro quadrado)
Alto da XV R$ 7.668,00
Alto da Glória R$ 7.406,00
Barigui R$ 7.363,00
Mais baratos (metro quadrado)
Cachoeira R$ 2.923,00
Campo de Santana R$ 2.850,00
Tatuquara R$ 2.724,00

Ainda de acordo com o estudo do Imovelweb, a rentabilidade anual dos imóveis em Curitiba ficou em 4,2%. Portanto, são necessários 23,6 anos de aluguel para recuperar o gasto com a compra, tempo 2,2% menor do que há um ano. Considerando os últimos 12 meses, a rentabilidade na cidade subiu 5,3%, superando, pela primeira vez, o retorno da Poupança.

Conheça o ranking dos bairros mais e menos atrativos para investir no mês de setembro de 2018:
Mais rentáveis %
Prado Velho 6,4%
Mossunguê 6,1%
Xaxim | Capão da Imbuia 5,2%
Menos rentáveis %
Jardim Botânico | Seminário 2,7%
Tarumã 2,6%
São Lourenço 2,3%

“Com a retomada da economia, a busca pela compra de um imóvel voltou ao radar dos consumidores e em Curitiba, que é uma grande metrópole, não poderia ser diferente. Com os holofotes na aquisição é muito natural que a procura pela locação caia naturalmente. Com isso, os preços dos aluguéis devem continuar cedendo nos próximos meses”, destaca Leonardo Paz, CEO do Imovelweb.

Colunas

RAIMUNDOS CELEBRA 25 ANOS DO DISCO DE ESTREIA EM CURITIBA

A turnê comemorativa de lançamento do álbum homônimo de estreia tem como convidado ilustre: Fred Castro, baterista original do grupo e passa pela capital paranaense no próximo dia 06 de abril na Ópera de Arame. Ingressos já estão à venda

Continue lendo

Quórum para obra comum

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Arquiteta revela truques para não errar em projeto da casa de praia

Por se tratar de um espaço de reunião familiar, encontro de amigos e celebrações, os espaços sociais normalmente ganham maior destaque

Continue lendo

M.A.R.C. Institute inaugura laboratório em Curitiba

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Vale limitar procurações

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017