Economia

Números dão sinais de crescimento do mercado em 2018

Resultados foram apresentados para jornalistas de Curitiba em café da manhã

Apesar de o PIB da construção ter amargado uma queda de 6% este ano, os números macroeconômicos dão sinais de que em 2018 o País entrará em um novo ciclo de crescimento.

Um dos fatores importantes para esta expectativa foi a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) de reduzir a taxa básica de juros (Selic) em 0,5 ponto percentual, ficando em 7% ao ano, menor nível na história. Essa é a décima queda consecutiva, podendo chegar 6,5% no início do próximo ano.

“Já tivemos outros momentos com patamares parecidos, mas de maneira artificial, não de forma sustentável como nos dias atuais, com uma inflação na casa dos 3%. Ou seja, são índices macroeconômicos que levam ao investimento real”, destaca o presidente do Sinduscon-PR, Sérgio Crema.

Outro fator importante foi a aprovação da Reforma Trabalhista, que vai incentivar a formalidade ao estimular a produtividade, combatendo a ociosidade, que é um dos grandes problemas que enfrentamos hoje. “A prevalência do negociado sobre o legislado diminuirá a quantidade de litígio, o que também é extremamente benéfico ao aumento da produtividade, principalmente no setor da construção, que depende muito da mão de obra”, salienta.

Estes vetores econômicos já refletiram positivamente em alguns dados importantes: o Índice de Confiança da Indústria da Construção, elaborado pela FIEP, subiu 7,9 pontos no mês de setembro de 2017, elevando-se para 59,2 pontos.

Dados do PIB (IBGE) apontam que os investimentos cresceram 1,6% no terceiro trimestre deste ano, na comparação com o trimestre anterior, sendo o primeiro resultado positivo após 15 trimestres seguidos de queda ou estabilidade.

Colunas

Musical com teatro de bonecos anima o fim de semana no Shopping Estação

Espetáculo Voou será apresentado no sábado (24) e no domingo (25)

Continue lendo

Quem paga o prejuízo?

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei contribui para reduzir automedicação

Por Mary Derosso

Continue lendo

Técnica para harmonizar espaços com plantas

O Feng Shui, arte milenar chinesa, pode ser uma excelente alternativa para quem deseja harmonizar a casa, aproveitando a nova estação, de forma simples e sem muitos custos

Continue lendo

Multa evoca dor e mágoa

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017