Cultura

Grupos vocais paranaenses concorrem ao Prêmio de Música Brasileira

Tao do Trio e Viola Quebrada entram na disputa com canções da letrista Etel Frota

Dois conjuntos vocais do Paraná estão entre os indicados ao 28º Prêmio da Música Brasileira. Viola Quebrada disputa com o Grupo Rodeio e Serelepe o título de melhor grupo vocal regional. Tao do Trio concorre ao lado de MPB 4 e Quarteto em Cy na categoria melhor grupo vocal de MPB. Esta é a segunda vez que o Tao do Trio participa da seleção do prêmio. Há 15 anos, chegou à final competindo com Os Cariocas e Sá, Rodrix & Guarabyra. Os vencedores do 28º PMB, criado em 1987, serão conhecidos no dia 19 de julho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com uma homenagem ao cantor Ney Matogrosso.

A escritora e letrista Etel Frota qualifica a indicação como um olhar para a produção musical alternativa e contemporânea e o reconhecimento de vozes privilegiadas que ecoam pelo país, levando a poesia ao público em forma de notas musicais. “Eles estão de parabéns. Já são vitoriosos por estarem disputando o prêmio com nomes tão consagrados do cenário vocal brasileiro”, destaca. Ao mesmo tempo, a poetisa sente orgulho e satisfação porque os trabalhos do Tao do Trio e Viola Quebrada concorrentes apresentam letras compostas por ela.

O Tao do Trio concorre ao prêmio com “Flor de Dor – Tao do Trio canta Etel Frota”. Formado pelas cantoras Cris Lemos, Fernanda Sabbagh e Suzie Franco, o CD apresenta 13 composições com letras de Etel Frota em parceria com Iso Fischer, Rubens Nogueira, Luis Felipe Gama, Luiz Otávio Almeida, Angel Roman, Claudio Menandro, Renato Lucce, Lydio Roberto, Zé Rodrix, Rafael Altério e Cris Lemos. O Vocal Brasileirão, o Grupo Molungo e Helena Bel (que cantou no trio em sua primeira formação) fazem participações especiais. O trabalho foi lançado no ano passado sob a direção musical e arranjos de Vicente Ribeiro, premiado arranjador e maestro.

O Viola Quebrada concorre ao prêmio com “Meus Retalhos”. O CD traz quatro músicas com letras escritas a quatro mãos por Etel Frota e Oswaldo Rios: “Meus Retalhos”, “Caminhos do Campo”, “Violeiro e Poesia” e “Flor de Algodão”. Formado em 1997, o grupo é composto por Oswaldo Rios, Margareth Makiolke, Rogerio Gulin e Rubens Pires. Deste trabalho, participaram Mari Amatti, Sandro Guaraná, Marcão Saldanha, além dos convidados especiais Álvaro & Daniel, Katya Teixeira e Consuelo de Paula. As vozes são acompanhadas por violão, viola caipira, sanfona, contrabaixo, percussão e bateria.

Etel Frota avalia que a lista de indicados ao 28º Prêmio da Música Brasileira é diversificada e apresenta jovens revelações e artistas veteranos com presença marcante no panorama musical do país. Portanto, ressalta, “a indicação mostra a importância da participação das vozes paranaenses neste universo”.

Colunas

SESI Música une Mano a Mano Trio e João Bosco no mesmo palco

A apresentação é inédita e acontece no dia 18 de novembro em uma realização do SESI Cultura Paraná

Continue lendo

Silêncio é lei noite e dia

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei traz benefícios aos deficientes visuais

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteto fala sobre os principais erros ao começar uma construção

É comum se cometer erros ao realizar uma construção, principalmente para os “marinheiros de primeira viagem”

Continue lendo

Nova imortal

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Acesso forçado à unidade

“O condômino está obrigado a permitir o acesso à área privativa se isso for indispensável para a realização de obras de conservação do edifício condominial.”

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017