Arquitetura & Decoração

Como decorar imóveis de tamanho reduzido

É possível compor um ambiente com cama, móveis e objetos de maneira harmônica e sem ocupar muito espaço

Pela definição, quitinetes ou conjugados, retratam a realidade de um apartamento pequeno, com dimensões entre 20 e 35 m². Compacta, a morada, constituída pela integração de sala, quarto, cozinha e banheiro, vem ganhando cada vez mais visibilidade no mercado imobiliário.

Quanto menor o espaço, maior é o desafio para os profissionais que assumem a responsabilidade de decorar e trazer soluções práticas e criativas para a vida do morador.

Buscando aproveitar cada cantinho da melhor forma, a arquiteta Carmem Avila e a dupla de designers de interiores Lome Chung e Paulo Brites compartilham suas experiências na realização de projetos onde conseguiram oferecer funcionalidades para o dia a dia, além de contribuir para proporcionar as sensações de amplitude e aconchego.

"Para imóveis com pequena área útil, é essencial pensar que a circulação não pode ser prejudicada por móveis grandes e espaçosos", conta Paulo Brites. Assim, o profissional e sua sócia, Lome Chung, optam por especificar armários funcionais e embutidos com dois objetivos claros: não ocupar espaço desnecessário e, ao mesmo tempo, comportar um volume significativo dos itens que integram a vida do cliente.

Cores e decoração
Para a arquiteta Carmem Avila, é fundamental que o projeto tenha o toque do morador. “Mesmo em pequenas dimensões, sempre busco trazer um conceito único e clean ao projeto”, explica. Sobre a paleta de cores, os tons mais claros como branco, cinza e bege são coringas na decoração. “Trabalhar a base neutra e pincelar algumas cores dá personalidade ao espaço", comenta Lome.

Carmem ressalta que uma decoração mais homogênea corrobora para a amplitude e ainda ressalta que texturas, papéis de parede e tapetes coloridos “transmitem muita informação ao ambiente e podem carregar o espaço que já é reduzido”.

"Os móveis soltos valorizam o imóvel e podem ser usados de formas múltiplas", aconselha Paulo Brites. Os móveis e acessórios devem ser proporcionais ao tamanho do local e, multiuso, aproveitam espaço e função.

Iluminação
Ambientes pequenos necessitam de uma iluminação funcional e bonita. “Observar o pé-direito do imóvel é essencial para a instalação do projeto luminotécnico”, revela Carmem. Pendentes são bem-vindos sobre a bancada ou o criado-mudo, desde que não sejam instalados em corredores ou passagens.

Muitos proprietários optam por esconder a cama, mas não é obrigatório. “A cama é um item que faz parte da decoração e escondê-la ou não vai de acordo com o desejo do cliente”, explica Carmem. Para a arquiteta, é possível compor um ambiente com cama, móveis e objetos de maneira harmônica e sem ocupar muito espaço.

Colunas

CURITIBA RECEBE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT EM AGOSTO

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Continue lendo

Obra ilegal não prescreve

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei melhora a saúde da mulher

Por Mary Derosso

Continue lendo

Formas circulares para acolher

As formas curvas, utilizadas com um bom conceito, auxiliam, também, na leveza e praticidade das circulações dos espaços

Continue lendo

TURMA DO MARTINUS CELEBRA 40 ANOS DE FORMATURA

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Registros e obrigações

Por Luiz Fernando de Queiroz autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017