Aplausos!

As músicas e as histórias de Aracy de Almeida em cartaz na Caixa Cultural Curitiba

Ela ficou conhecida como jurada de programa de auditório, mas seu maior talento sempre esteve na interpretação dos mais lindos sambas

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 17 a 19 de fevereiro, o espetáculo Aracy de Almeida – A Rainha dos Parangolés, uma homenagem à artista que foi uma das mais importantes intérpretes da música popular brasileira. Durante o show são exibidos trechos de longa entrevista feita pelo produtor e compositor Hermínio Bello de Carvalho com Aracy em 1987, um ano antes de sua morte, durante programa semanal na TVE do Rio de Janeiro. Hermínio assina o roteiro da produção. Ele foi amigo pessoal da cantora que ficou famosa como jurada do programa Silvio Santos.

O show traça um surpreendente perfil da artista carioca, que se consagrou no mundo do samba. O cantor Marcos Sacramento e o violonista e diretor musical Luiz Flávio Alcofra interpretam algumas das canções que se popularizaram na voz de Aracy como as marchas carnavalescas “O passarinho do relógio” e “A mulher do leiteiro” (ambas de Haroldo Lobo / Milton de Oliveira), os sambas “Fez bobagem” (Assis Valente) e “Camisa amarela” (Ary Barroso), além de canções de autoria de Noel Rosa, como “Coisas nossas”, “Último desejo” e “O orvalho vem caindo”. Além de Noel Rosa, Aracy gravou Custódio Mesquita, Ari Barroso e Valzinho, além de Caetano Veloso. Aracy gravou dezenas de discos.

Com mais de três décadas de carreira, Sacramento é um especialista em samba carioca, com uma elogiada discografia dedicada ao gênero.

O título do espetáculo faz referência aos parangolés, uma espécie de capa, criada pelo artista plástico carioca Hélio Oiticica (1937-1980). “Aracy de Almeida também era, por natureza, uma artista multiplicante e provocativa”, explica Hermínio. De acordo com o poeta e produtor, ela trazia em si uma carga de estranheza na voz, o que a diferenciava de outras cantoras. “Equilibrava-se muito bem na linha entre o deboche e o sarcasmo”, completa. O espetáculo é uma produção da Olhar Brasileiro Produções Artísticas.

Serviço
Música: Aracy de Almeida – A Rainha dos Parangolés
Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 17 a 19 de fevereiro de 2017 (sexta a domingo)
Horário: sexta-feira e sábado, às 20h. Domingo, às 19h.
Ingressos: vendas a partir de 11 de fevereiro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: livre
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

Colunas

Antonio Fagundes vem a Curitiba com a comédia Baixa Terapia

Assistida por mais de 90 mil expectadores em São Paulo, a peça que rendeu o prêmio Shell de melhor atriz para Ilana Kaplan, segue em turnê nacional. Ela chega em única apresentação na capital paranaense, dia 6 de maio, no Guairão

Continue lendo

Paredes laterais sem dono

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

CONHECENDO NOSSAS LEIS

Por Mary Derosso

Continue lendo

Orientações de como organizar a casa sem erros

A organização da casa deve ser encarada como um mantra a ser realizado todos os dias e não de maneira esporádica

Continue lendo

Rogério Cordoni no Pequeno Cotolengo

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Pagar cota é dever legal

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017