Aplausos!

Emmanuel Bach lança novo álbum no dia 28 de novembro, em Curitiba

Com entrada gratuita, o evento ocorre às 20h, no Teatro Regina Vogue, no Shopping Estação

O primeiro contato dele com a música foi através do pai, que costumava ouvir junto com o filho sons de rock and roll e MPB. O primeiro instrumento foi um baixo, depois um violão e em seguida uma guitarra. Na adolescência montou uma banda de rock no colégio e então percebeu que a música não era apenas uma paixão passageira, que ela se tornaria a mola propulsora da sua história de vida. No dia 28 de novembro, o músico e compositor curitibano Emmanuel Bach lança o álbum “Emmanuel Bach e Grupo”, novo disco de música instrumental do artista. O show ocorre às 20h, no Teatro Regina Vogue, no Shopping Estação, em Curitiba, e a entrada é gratuita e aberta ao público. A classificação etária é livre e o álbum físico estará à venda no local, no início e no fim do show, a preço módico de R$ 10.

O álbum foi gravado no estúdio Síncope, em Curitiba, e conta com oito músicas, compostas por Emmanuel Bach. “O principal objetivo do disco é de registrar as composições, além de buscar incentivar o público a apreciar as produções locais. O artista, estudou nas maiores universidades de música do mundo, a Berklee College of Music (Boston, EUA) e na Musicians Institute – GIT (Los Angeles, EUA). Dedica-se há quase 15 anos à música brasileira e instrumental, trabalhando profundamente nas pesquisas de jazz aplicado à música brasileira e à música latino-americana. É uma obra de registro musical que vem para enriquecer ainda mais a música curitibana e a música instrumental brasileira”, comenta a produtora executiva do disco, Siara Bonatti.

Segundo Emmanuel Bach, a ideia do disco surgiu durante um laboratório de composições, nos ensaios e estudos que o grupo faz regularmente. “Após diversas composições e uma série de experimentações decidimos fazer um repertório para gravar um CD. Depois vieram os ensaios para definirmos as músicas, os detalhes dos arranjos, a atualização das partituras e as gravações em estúdio”, explica. “Conseguir expressar todas as ideias, os diversos assuntos que pesquiso, a quantidade de música que ouço e transformar tudo isso em um trabalho, além da oportunidade de ter grandes músicos executando essas ideias comigo, é realmente a realização de um sonho. Só tenho a agradecer”, complementa o artista.

O projeto do álbum “Emmanuel Bach e Grupo” foi aprovado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura | PROFICE da Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Paraná e conta com o apoio da Companhia Paranaense de Energia – COPEL.

SERVIÇO
Show de lançamento do álbum de Emmanuel Bach e Grupo
28 de novembro, às 20h
No Teatro Regina Vogue (Shopping Estação, Avenida Sete de Setembro, 2775, Rebouças, Curitiba/PR).
Entrada gratuita e aberta ao público
Classificação etária: livre
O álbum estará à venda no local a preço promocional: R$ 10.

FICHA TÉCNICA
Guitarra e composições: Emmanuel Bach
Produção musical: Fabio Hess
Mixagem: Beto Japa
Captação de áudio: Beto japa e Fabio Hess
Edição do áudio: Fabio Hess
Masterização: Beto Japa
Contrabaixo: Thiago Duarte
Bateria: Fernando Rivabem
Harmônica: Leonardo dos Santos
Piano e Rhodes: Davi Sartori
Produção executiva: Siara Bonatti
Assistente de produção: Abner Anthony
Arte: Casa de Piah

MÚSICOS
Emmanuel Bach: Guitarrista, compositor e produtor musical. Frequentou o Berklee College Of Music e Musicians Institute (EUA). Participou do show no Centro feminino de cultura e no Jazz nos Fundos (SP) com Alexei Tsiganov. Apresentou-se no Berklee Performance Center com Ivan Lins. Fez oficina de Ritmos brasileiros e workshop com Zé Eduardo Nazário, na Berklee College of Music. Participou do show no Something Jazz Club (Nova Iorque) com o ConTempo (Alexei Tsiganov, Paul Lieberman, Ebinho Cardoso, Renato Malavassi e Emmanuel Bach). Bach é professor e representante do conservatório Souza Lima no projeto Souza Lima itinerante.

Thiago de Azevedo Duarte: Contrabaixo. É Mestre em música no departamento de artes da Universidade Federal do Paraná, linha de pesquisa em cognição musical / educação. Bacharel em música (produção sonora) pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente faz parte dos grupos El merekumbé, Sapato Furado orquestra de gafieira e Regra4. Com este último, se apresentaram como banda de apoio do cantor Gabriel Pensador, em maio de 2016, no teatro do SESI em Curitiba.

Fernando Rivabem: Músico, baterista, atua em diversos estilos, com ênfase no jazz e blues. Dividiu o palco com grandes nomes do cenário brasileiro e internacional. Atualmente faz parte do Fabio Hess Trio, Emerson Caruso Trio, Emmanuel Bach Trio e da Orquestra De Harmônicas de Curitiba. Leciona aulas particulares de bateria, faz parte do time de colunistas do site batera.com.br e é endorser Bosphorus Cymbals.

Leonardo dos Santos: Músico, harmonicista. Através da harmônica cromática mostra outras possibilidades de repertório com esse instrumento, caminhando entre diferentes gêneros da música instrumental, focando principalmente na música instrumental brasileira. Tem como principal influência no instrumento Gabriel Grossi, com quem teve aulas, firmando, desta forma, mais o seu estilo. Músico convidado para participar de diversos grupos na cidade de Curitiba (PR).

Davi Sartori: Atua como pianista e arranjador da orquestra “à Base de Sopro” do CMPB, fundada pelo maestro Roberto Gnattali e atualmente dirigida por Sérgio Albach. Bacharelado em Piano pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, com a professora Olga Kiun. Como solista, já se apresentou com os principais grupos de música erudita do Paraná; OSP e Camerata Antiqua de Curitiba. Trabalha como instrumentista contratado em gravações.

Colunas

SESI Música une Mano a Mano Trio e João Bosco no mesmo palco

A apresentação é inédita e acontece no dia 18 de novembro em uma realização do SESI Cultura Paraná

Continue lendo

Silêncio é lei noite e dia

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Lei traz benefícios aos deficientes visuais

Por Mary Derosso

Continue lendo

Arquiteto fala sobre os principais erros ao começar uma construção

É comum se cometer erros ao realizar uma construção, principalmente para os “marinheiros de primeira viagem”

Continue lendo

Nova imortal

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Acesso forçado à unidade

“O condômino está obrigado a permitir o acesso à área privativa se isso for indispensável para a realização de obras de conservação do edifício condominial.”

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017