Universo Pet

Furões chegam a Curitiba

Curiosos e brincalhões, eles podem ser uma boa opção de companhia em pequenos espaços

Existem outras espécies de animais capazes de encantar e serem grandes companheiros dos humanos. É o caso dos furões, pequenos mamíferos conhecidos por serem brincalhões e divertidos, e que já podem ser encontrados em Curitiba, no HiperZoo, mega pet center localizado no bairro Parolin. Ao contrário do que muitos imaginam, os furões não são roedores. Eles pertencem à família dos mustelídeos, também composta por texugos, lontras e doninhas.

Curiosos, exploradores e cheios de energia, esses pequenos companheiros encantam por suas habilidades: alguns aprendem a abrir portas, caixas e até zíperes de malas e bolsas. Para ocupar essa mente exploradora, é importante oferecer a eles muita diversão, como brinquedos produzidos para gatos, labirintos, pilhas para escalar e caixas. Mas a bióloga Maria Angélica Vieira, faz um alerta: “quem quiser ter um furão deve ter bastante tempo disponível para ficar com ele”.

Quando supervisionados, os furões podem brincar pela casa. Entretanto, quando estiverem sozinhos, uma dica importante é deixá-los em uma gaiola, já que eles são capazes de se esconder nos buracos mais inusitados e, até mesmo, mexer em fios e tomadas. O fato de serem animais noturnos auxilia nessa rotina, já que eles costumam dormir e relaxar durante o dia.

Assim como cães e gatos, os furões aprendem a atender quando chamados pelo nome e a passear usando peitoral, desde que acostumados aos poucos. Podem, até mesmo, aprender alguns truques e vale usar petiscos como recompensa para ensiná-los.

Colunas

TRAJETÓRIA DE CÂNDIDO PORTINARI NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

A exposição é composta por esboços, desenhos e estudos que revelam o processo criativo do artista

Continue lendo

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

Incêndio em condomínios: conhecimento e treinamento são fundamentais

O vice-presidente de Condomínios do Sindicato da Habitação e Condomínios (Secovi-PR), Dirceu Jarenko, explica que ter uma equipe e colaboradores preparados para ocasiões de urgência e emergência não é apenas uma questão de obrigatoriedade, mas de responsabilidade como cidadãos para a segurança de todos

Continue lendo

Lei coíbe prática da automedicação infantil

Por Mary Derosso

Continue lendo

Iluminação natural e amplitude trazem economia e sofisticação

Projetos que valorizam o aproveitamento da luz natural seguem princípios sustentáveis e economizam eletricidade

Continue lendo

Homenagem

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Pagou, tem que provar!

Por Luiz Fernando de Queiroz

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017