Esforço conjunto promove sustentabilidade ambiental em condomínio

Racionalizar o uso dos recursos naturais, diminuindo o impacto ao meio ambiente e reduzindo as despesas fixas do condomínio. Esse é um desafio crescente, especialmente nos grandes centros urbanos, e que envolve tanto as empresas da construção civil, quanto os moradores. Um conjunto de ações em desenvolvimento no Prime Class Residence, edifício residencial da Swell Construções e Incorporações no Água Verde, em Curitiba, tem se mostrado como um bom exemplo para tornar o condomínio mais sustentável.

O diretor de incorporações da Swell Construções, Leonardo Pissetti, lembra que a preocupação em tornar o empreendimento ecologicamente correto esteve presente desde a concepção do projeto. Em âmbito construtivo, aumentou-se o espaço entre as torres e a área de envidraçamento, acima do estabelecido pela norma para cada cômodo, favorecendo a iluminação e ventilação natural e reduzindo a necessidade de ar-condicionado.

Foram implantados dispositivos como, por exemplo, medidores individuais de água e gás, bacias sanitárias com caixa acoplada e válvula de descarga com duplo acionamento e torneiras com arejadores nos lavatórios, que oferecem boa vazão com baixo consumo de energia. Também foram disponibilizadas torneiras nas áreas comuns do térreo e na garagem que utilizam a água reaproveitada das chuvas para a limpeza destes ambientes.

Com a assembleia geral instalada e as chaves entregues, coube aos moradores adotar medidas para tornar o condomínio mais verde. A tarefa foi aceita pela síndica Adriana Moreira Cruz, especialista em Gestão Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. O primeiro passo foi sensibilizar os moradores quanto à causa. A mobilização se deu por meio de e-mail, editais e até envio de mensagens no grupo dos moradores no WhatsApp, ressaltando os benefícios ambientais e econômicos do processo.

Com base nas necessidades, cultura e recursos financeiros disponíveis de um condomínio novo, foi elaborado um cronograma de ações elencando as prioridades. A primeira delas foi a instituição da coleta seletiva de lixo.  Para dar suporte à gestão do lixo reciclável, o condomínio fez uma parceria com uma empresa que transporta e dá a destinação correta aos resíduos.  A síndica diz que, hoje, 90% dos moradores do condomínio, que tem quase 90 apartamentos, fazem a separação correta do lixo.

Colunas

CURITIBA RECEBE QUEEN EXPERIENCE IN CONCERT EM AGOSTO

O evento que acontece no dia 17 agosto, na Ópera de Arame, relembra os grandes clássicos da lendária banda de Freddie Mercury

Continue lendo

Edifícios também adoecem

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

Projetos que é verdadeira lição de estilo

Solução criativa para transformar ambientes da casa

Continue lendo

Brunch exclusivo

Por Bebel Ritzmann

Continue lendo

Não basta vigiar o papel

Por Luiz Fernando de Queiroz, autor do TPD-Direito Imobiliário e do Guia do Condomínio IOB

Continue lendo

O Morador  Online  - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por MMV
Fone: 41 - 3333-8017